Salada de polenta com mussarela de búfala


Angelica Mari apresenta uma explosão de sabores da terra.. um prato simples e delicioso

Mesmo que este inverno ainda não esteja lá muito frio, a vontade de comer coisas que confortem o estômago e a alma permanece nessa época do ano, não é verdade? Na minha lista de guloseimas juninas, estão vários itens feitos com milho, que alcança seu esplendor em junho até o início de julho, quando acontecem as colheitas e festas de inverno, que remontam a tradições pagãs milenares de povos agricultores. As possibilidades do milho são muitas e variadas: pipoca, pudins, pamonhas, bolos, broas, canjicas, curaus, mungunzás…Mas no almoço de hoje, um domingo nem frio nem quente, decidi integrar uma outra variação do milho, a polenta, como a participação especial de uma salada. A receita a seguir é uma adaptação de um prato do chef Bill Granger com anchovas e alcaparras, que eu dispensei nesta versão, pois os outros poucos ingredientes já dão a medida certa de sabores - menos é mais! Este também é um prato que lembra muito meus tempos morando no norte da Itália, onde a polenta é tão predominante na dieta, seja no inverno ou no verão, em consistência firme ou mais cremosa. A parte mais longa do preparo desta salada foi mesmo a polenta, mas também é possível fazê-la rapidamente e deixá-la esfriando - isso pode ser feito até dois dias antes do preparo do prato em si. Ingredientes (serve 4 pessoas) Polenta: 2 xícaras de fubá mimoso 1 litro de água fervente 1/2 xícara (40g) parmesão Salada: 1/2 xícara (125ml) azeite de oliva 5 tomates grandes do tipo holandês ou caqui, cortados em quartos 1 pepino pequeno cortado em cubinhos 1 maço de manjericão, folhas cortadas a mão 250g mussarela de búfala fresca rasgada em pedaços pequenos 1 xícara de azeitonas verdes sem caroço, picadas Vinagrete: 4 colheres de vinagre balsâmico 4 colheres de azeite de oliva 3 dentes de alho 1 pimenta dedo de moça Método: Polenta: - Em uma panela funda, leve a água ao fogo alto. - Quando a água levantar fervura, despeje o fubá dentro da panela, aos poucos, mexendo constantemente para não empelotar. - Adicione sal a gosto e volte a mexer. - Abaixe o fogo e continue cozinhando e mexendo por mais 40 minutos para que a polenta fique bem macia e cremosa. - Quando a polenta atingir a consistência cremosa, adicione o parmesão ralado. Caso necessário, adicione sal a gosto. - Despeje em uma travessa e deixe esfriar. Depois corte a polenta em pedaços na diagonal. - Grelhe ou frite os losangos de polenta em um fiozinho de azeite em uma frigideira anti-aderente. Reserva em um prato forrado com papel toalha. Vinagrete: - Corte os 3 dentes de alho e a pimenta em pedacinhos bem miúdos. Misture o vinagre e o azeite e adicione sal a gosto. Salada: Os demais ingredientes da salada (tomates, pepino, mussarela, azeitonas, manjerição) devem ser dispostos numa travessa grande e podem ser cortados enquanto a polenta é grelhada ou frita. Depois é só dispor os losangos de polenta sobre a salada e o vinagrete por cima. Cubinhos de pancetta fritos ou grelhados são uma boa adição a essa salada para quem não abre mão da carne. Para acompanhar, servi um suco de uva natural, um perfeito acompanhamento para essa saladinha simples, mas cheia de sabor! Bom apetite!

#Gastronomia #FanGourmet

Você pode gostar de ler também: