Fanzine de Agosto de 2014

Crônicas

A Fanzine inova mais uma vez agora trazendo uma aba de crônicas especialmente  para você leitor

A Fanzine traz, a cada mês, uma novidade aos seus "fans". Com o intuito de entreter e garantir mais diversão a todos, no mês de agosto não poderia ser diferente, a revista Fanzine passa a ter mais uma atração: crônicas escritas pelo advogado e escritor João Baptista Pimentel Jr., e outros escritores internacionais colaboradores da Nova Sociedade Comunicação Ltda.

 

Leia, curta e participe: mande suas crônicas e um breve currículo para a Fan. Interagir com nosso público é nossa maior conquista!

 

 

"O Mês de Augusto"

 

Agosto, através da tradição popular, tem sido, injustamente, tachado de mês do azar, do desgosto e do cachorro louco.

 

No entanto, o oitavo mês do ano, foi dedicado, pelos romanos, a Caius Julius Caesar Octavianus, o mais brilhante dos imperadores da Roma Antiga, sobrinho-neto de Júlio Cesar, que o adotou como filho e seu sucessor.

 

O povo romano, chamou-o de Augustus (Augusto), que significa, nobre. Daí, o nome do mês, augustus (agosto). 

 

E, como o sétimo mês do ano foi denominado de julho, em homenagem ao imperador Júlio Cesar, tinha trinta dias, e o mês dedicado a Augusto, trinta, para que este não se melindrasse, foi retirado um dia de fevereiro e acrescentado a agosto.

 

O reinado de Augusto foi o período mais brilhante da história romana, por isso, denominado o Século de Augusto, que não só trouxe a paz ao mundo, cansado de guerras, como também, incentivou as letras, a poesia e a eloquência, nas quais brilharam, com esplendor incomparável, Horácio, Virgílio, Tito Lívio, Salústio, Ovídio e outros, representando, suas obras, a mais alta expressão do gênio latino. E, com seu apoio, Mecenas patrocinou, generosamente, as letras e as artes.

 

Por outro lado, no mês de agosto, nasceram, em Rio Claro, Carlos de Carvalho, o Patrono dos Contabilistas, meu pai, João Baptista Pimentel, cujo pseudônimo era J. Triste, o poeta de Rio Claro, e, em Laranjal Paulista, neste Estado, Arthur Luchini Bilac, o grande educador, contabilista e poeta da Cidade Azul.

 

Carlos de Carvalho, de quem tenho laços de parentesco, foi um dos maiores gênios do Brasil. O primeiro a aplicar a escrituração por "partidas dobradas", na contabilidade pública do Estado de São Paulo. Escreveu várias obras importantes de Contabilidade e de Direito Civil.

 

João Baptista Pimentel, J. triste, foi colaborador do Jornal Diário de Rio Claro, por mais de meio século, com poesias e crônicas. Escreveu: "No meu silêncio", em 1952, e "Simplicidade, em 1957, livros de poesias, crônicas e rimas sertanejas.

 

Arthur Bilac fundou, nesta cidade, uma das mais eficientes escolas de ensino comercial do Brasil,a Escola Técnica de Comercio " Prof. Arthur Bilac", grande educador, contabilista e poeta, é autor da poesia " Cidade Azul", homenageando a sua terra por adoção, Rio Claro.

 

Foi em agosto, também que o maior estadista brasileiro, de todos os tempos, Getúlio Vargas, partiu, deste mundo, para ingressar na História da Pátria, e ocupar um lugar destacado, no Panteão dos Imortais, no lugar reservado aos grandes líderes e patriotas do Brasil.

 

Paradoxalmente, seu trágico suicídio, constitui-se em sua última vitória. A notícia de sua morte chegou ao conhecimentos de seus inimigos, no momento, em que festejavam o anúncio de sua forçada renúncia ao governo .Surpreendidos, e extremamente chocados, acabaram com a festa. houvera prometido que só sairia morto do Palácio do Catete. E cumpriu a promessa...

 

Portanto, agosto não merece a triste fama criada pela imaginação popular...

 

 

João Baptista Pimentel Jr.

Advogado e Escritor